• Pinterest
  • Facebook
  • Instagram Oficial

©2018 por StudioD3D. 

Formas de Pagamento

Arquitetura Minimalista - Casa de Férias na Natureza

Atualizado: 21 de Jul de 2019



PROPOSTA CONCEITUAL - MINIMALISMO


Minimalismo é um termo que vai além de um estilo propriamente dito, tendo em vista que ele não está preso cronologicamente, porém teve grande expressão no começo da década de 60 nos Estados Unidos. Ele é um movimento artístico que recebe influência de vários estilos (em destaque ao estilo Contemporâneo), podendo assim ser agregado a vários campos de atividades, e não somente a Arquitetura. O site Brasil Escola afirma:


"A palavra minimalismo reporta-se a um conjunto de movimentos artísticos e culturais que percorreram vários momentos do século XX, manifestos através de seus fundamentais elementos, especialmente nas artes visuais, no design e na música. Surgiu nos anos 60 nos Estados Unidos.

As obras minimalistas possuem um mínimo de recursos e elementos [...]"


Na arquitetura o minimalismo se mostra nas construções com poucas linhas, formas simples e materiais limpos. Outro fator importante que encontramos nas construções minimalistas são o uso de cores neutras e ambientes amplos, que pode ser resumido pela frase "Menos é Mais"[1] Mies Van Der Rohe, com finalidade de criar ambientes sóbrios, harmoniosos e funcionais.

Um artigo publicado na UNICRUZ diz:


1 - "Menos è Mais", frase dita pelo arquiteto Alemão Ludwig Mies Van Der Rohe, que resumiu o movimento Minimalista.


"Surgido a partir da década de 1950, nos Estados Unidos da América, o minimalismo se caracteriza pelo uso do mínimo de elementos na concepção de suas obras, sendo considerado um estilo limpo ou clean, como é chamado popularmente. O mesmo tem como propósito a sofisticação dos ambientes[...] Quanto à composição da forma, a principal característica do estilo em questão é a valorização da geometria, sobressaindo-se perante as cores que normalmente são neutras."


No "estilo" minimalista a arquitetura deve ser clara, sem muitos detalhes, priorizando a simplicidade da forma. "[...] não se deveria edificar nada que não fosse claramente construído [...]" (FRAMPTON: 2008, v.2, p.193).


Devido a poucos informações impressas que encontramos sobre esse movimento, não pode-se deixar de citar sobre um grande ícone da arquitetura mundial que destrinchou o movimento minimalista em seus projetos. Ludwig Mies, que passara a ser chamado de Ludwig Mies Van Der Rohe nasceu em 1886 na Alemanha e faleceu em 1969. Mies seguia um concepção de linhas retas e puras, muitas vezes na perpendicular.


Localização


No meio da floresta de uma cidade chamada Vinkeveense Plassen, situada na região de Utrecht, Holanda, o i29 arquitetos e Chris Collaris projetaram uma pequena e aconchegante casa de férias.


Essa elegante e minimalista casa possui apenas 55 m², porém mesmo assim, ainda proporciona uma sensação de grandeza e luxo, tendo em vista a qualidade dos seus espaços.



Conexão com a Natureza


Além do seu espaço interno, outro fator importante é sua conexão externa com a natureza que a circunda. Sua estrutura compacta foi construída para uma família de quatro pessoas e compreende uma sala de estar, uma cozinha, sala de jantar, um pátio, três quartos, um lavabo e dois banheiros.


Situado as margens de um lago, o posicionamento da volumetria do edifício está relacionada com a visão do lago e a orientação do sol, dividindo o volume em quatro partes.


Insolação e luz natural


Sua vistas panorâmicas e a luz solar que invade o seu interior tornam-se muito mais evidente do lado de fora, vislumbrando a conexão de seus volumes quadrados, tamanho e seu posicionamento que ao se juntarem criaram como se fosse uma obra de arte escultural, que apesar de serem típicos, parecem diferentes de todos os ângulos.



A fim de intensificar ainda mais esse qualidade escultural, todas as fachadas têm um design minimalista, com terminações e encaches invisíveis nos telhados, e caixilhos das janelas escondidos atrás da fachada de madeira.


Todos os volumes possuem grandes planos de vidros quem podem ser abertos completamente para fundir totalmente o interior com o exterior. As dimensões interiores e pé direito dos volumes articulam claramente as áreas e funções separadas da casa.




Podemos visualizar suas longas linhas que cruzam o pátio externo fornecendo uma conexão visual e abrindo grandes portas de correr do pátio, conectando os volumes da cozinha proporcionado assim, conforto e qualidade de vida para seus moradores.






informações do projeto:


Design: i29 arquitetos e Chris Collaris

Cliente: Privado

Área: 75 m²

Localidade : Vinkeveen, Holanda

Construção: hagoortbouw

Construção interior: Simon Sintenie

Fotografia: Ewout Huibers


Adaptação site: https://www.designboom.com



Gostou desse artigo?


Conheça nosso Curso de Revit no link https://www.studiod3d.com.br/pacotao-revit

Caso já utilize Revit e precisa agilizar mais ainda seus projetos, conheça nossa TEMPLATE PERFEITA PARA REVIT.



77 visualizações